DeFi: quais são os riscos e como a tecnologia pode integrar o futuro do setor?

DeFi pode ser o futuro do setor financeiro? Muito tem se falado sobre as finanças descentralizadas, mas quais são os riscos que precisam ser minimizados antes do sistema crescer?
DeFi: quais são os riscos e como a tecnologia pode integrar o futuro do setor?
Data
Autor
Equipe Propague
Produto
Compartilhar

O uso de DeFi tem como principal característica a remoção do intermediário tradicionalmente usado nas operações financeiras.

O movimento vem ganhando força e diversos projetos em teste já buscam um duplo benefício para integrar a tecnologia ao sistema tradicional: melhorar a eficiência das transações em TradFin com um uso da tecnologia dentro do ambiente regulatório seguro.

Mas antes é preciso entender quais são os principais riscos associados a DeFi para que possam ser minimizados.

Nesta Carta você irá entender:

  • Quais são os componentes que operam em DeFi;
  • Quais os 3 principais riscos;
  • O pseudo-anonimato;
  • O risco jurídico;
  • O risco de volatilidade;
  • Quais as orientações regulatórias;
  • Tendências em DeFi.

Baixe agora!

 

Veja mais:

DeFi: o que são as finanças descentralizadas?

Riscos em criptoativos: Saiba quais envolvem o DeFi

Ficou interessado?
Inscreva-se para baixar o livro!
Termo de Aceite(obrigatório)
Todos os produtos

Quer se
aprofundar mais?

Com uma linguagem simples de entender, as análises do Instituto Propague vão te deixar por dentro dos principais temas do mercado.

Leia agora!